Paulo Rocha entra em ‘Éramos Seis’ como Felício e Isabel se encanta

0

Isabel e Felício se apaixonam

Giullia Buscacio e Paulo Rocha falam sobre os desafios desse grande amor

como Felício
foto Estevam Avellar
Isabel (Giullia Buscacio) nunca escondeu que seu maior sonho é encontrar um grande amor, viver o mesmo sentimento que sua tia Clotilde (Simone Spoladore) tem por Almeida (Ricardo Pereira). Algo arrebatador, que a faça sentir “borboletas na barriga”, como ela mesma diz. Embora namore com Lúcio (Jhona Burjack) e se esforce para corresponder às expectativas do rapaz, Isabel entende que não pode mandar no coração.

Felício

E é durante o baile no Clube Inglês que a filha mais nova de Lola (Gloria Pires) sentirá pela primeira vez seu coração bater mais forte, ao cruzar seus olhos com os de Felício (Paulo Rocha). Não a incomoda, nem a ele, a clara diferença de idade entre os dois. Isso não os inibe de dançarem juntos até a festa acabar, quando são abordados por Julinho (André Luiz Frambach). O irmão de Isabel não gosta nada de vê-la dançando com um homem mais velho e que eles não conhecem. O mesmo pensa Marcelo (Guilherme Ferraz), melhor amigo de Carlos e sobrinho de Felício. Mas Isabel e Felício não se importam.
LEIA TAMBÉM
Casado no papel
Tanto que, depois do baile, ambos buscam formas de se encontrar, até que se veem perdidamente apaixonados um pelo outro. A diferença de idade, contudo, não é o único desafio que o casal precisará enfrentar. Ela não sabe, mas Felício é casado no papel. E ela viverá a mesma situação que afastou Clotilde de Almeida cerca de 10 anos atrás. A pergunta é: tomará Isabel a mesma decisão que Clotilde, para atender as convenções sociais de sua época?
Entrevista com Paulo Rocha e Giullia Buscacio
Quem é Felício e o que o público pode esperar de seu relacionamento com Isabel?
Felício é um advogado bastante profissional e trabalhador, que não é feliz e tem pouca esperança no amor. Quando encontra Isabel, volta a crer que pode ainda ser feliz e lutará com todas as forças para viver essa história. Se no primeiro momento, o que lhe chama atenção é a beleza de Isabel, logo ele descobre que ela é uma mulher decidida, que tem muita vontade de viver. Assim como ele, ela pretende não deixar que os preconceitos da sociedade a moldem ou decidam sobre sua felicidade.
A primeira reação de Lola é não aceitar esse relacionamento. Como Felício irá encarar essa repressão?

Ele compreende Lola. Embora não concorde com as convenções sociais de sua época, isso não o impede de entender que elas existem. Portanto, reconhece e entende Lola, mas acredita que ela é capaz de enxergar, por meio de uma conversa, que seus sentimentos por Isabel são reais.

Como se preparou para a novela?

Além de ler o livro, os capítulos e assistir à novela, procurei referências cinematográficas da época para entender a forma de se expressar fisicamente e verbalmente. Mas sobretudo procurei entender sócio culturalmente o quão grave eram esses preconceitos vividos por Felício na época, de forma a poder defendê-lo da maneira mais veemente possível.

Entrevista com Giullia Buscacio
Como se preparou para viver este novo romance de Isabel?
Eu gosto de ter histórias para desenvolver quando estou num papel. E essa fase agora me permite explorar outras nuances e sentimentos com a Isabel. Gosto muito disso.
Isabel vai conseguir enfrentar todos os desafios que lhe aguardam?
Não será fácil, mas ela é muito forte e determinada. A Angela Chaves, nossa autora, é muito cuidadosa e conduz muito bem esses sentimentos das personagens.
Como fica Lúcio nessa história?
Eu acho que o Lucio está naquele lugar de gostar, mas não ao ponto de jogar tudo para o alto. Ela gosta dele, mas não é uma paixão. Não tem o mesmo sentimento que ele. Acho que todos nós já passamos por algo parecido na vida. Quem quer a gente, a gente não quer. Quem não quer, a gente quer.
ÉRAMOS SEIS
As cenas estão previstas para irem ao ar a partir de quinta-feira, dia 26 de dezembro. ‘Éramos Seis’ é escrita por Angela Chaves, baseada na novela original escrita por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, livremente inspirada no livro de Maria José Dupré. A direção artística é de Carlos Araújo e a obra conta ainda no elenco com Gloria Pires, Cássio Gabus Mendes, Nicolas Prattes, Maria Eduarda de Carvalho, Eduardo Sterblitch, Ricardo Pereira, Denise Weimberg, entre outros.
Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.