‘Esporte Espetacular’ mostra reencontro entre Everton Ribeiro e Neco

0

Além do reencontro entre Everton Ribeiro e Neco, direto de Tóquio, Carlos Gil fala sobre o adiamento dos Jogos Olímpicos

Everton Ribeiro e Neco
foto divulgação

Depois de cancelar, adiar e suspender diversos eventos do calendário esportivo mundial, a pandemia de coronavírus foi responsável por uma decisão inédita. Pela primeira vez na história uma edição dos Jogos Olímpicos foi adiada. Em outras três oportunidades, 1916, 1940 e 1944, o evento foi cancelado por causa de guerras mundiais. O ‘Esporte Espetacular’ deste domingo, dia 29, analisa os impactos de passar para 2021 o evento que seria realizado em Tóquio a partir de 24 de julho deste ano. 

LEIA TAMBÉM

Programas da Globo voam alto! Penúltimo capítulo de ‘Éramos Seis’ e ‘Salve-se Quem Puder’ batem recorde, ‘Jornal Hoje’ estabelece nova marca no ano e ‘BBB20’ registra melhor

Direto de Tóquio

Em Tóquio, o correspondente Carlos Gil mostra como está a rotina dos japoneses no país sede e os prejuízos financeiros e esportivos do adiamento. O programa traz um balanço com os atletas que se beneficiaram e os que foram mais prejudicados com a decisão; e explica como o período de quarentena pode ser ruim para os esportistas. Atletas que já contraíram o Covid-19 falam sobre os sintomas e as dificuldades de encarar a doença.

Finanças dos clubes

No futebol, a paralisação dos campeonatos já afeta as finanças dos clubes. Um momento de incerteza e apreensão para funcionários, comissões técnicas e jogadores. Sem partidas, um outro nicho acaba diretamente afetado: os das pessoas que trabalham nos estádios durante os jogos. O ‘Esporte Espetacular’ mostra a realidade de quem dependia dos dias de futebol para sustentar a família.

Everton Ribeiro e Neco

Em meio a tantas dúvidas e decisões difíceis, o ‘Esporte Espetacular’ traz um momento de alegria registrado antes do início da pandemia e da determinação da Organização Mundial da Saúde para que as pessoas fiquem em suas casas. O capitão do Flamengo, Everton Ribeiro, reencontrou seu primeiro técnico, seu Neco, que hoje tem 90 anos. De perfil disciplinador, era também muito querido pelas crianças. A relação com o jogador começou quando o camisa 7 do Flamengo tinha apenas quatro anos e deu seus primeiros chutes no Santa Isabel Esporte Clube, time da região metropolitana de São Paulo. “Seu Neco me ensinou a ter mais respeito pelas pessoas e disciplina. Agradeço muito e fico feliz de ele poder acompanhar um dos melhores momentos da minha carreira”, diz Everton.

Esporte Espetacular

OEsporte Espetacular’ deste domingo, dia 29, começa logo após o ‘Auto Esporte’.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.