entrevista Luana Tanaka: “Miss Liu foi um presente gigantesco, uma personagem que não se reduzia às suas origens.”

0

entrevista Luana Tanaka – atriz fala sobre a personagem Miss Liu

entrevista Luana Tanaka: "Miss Liu foi um presente gigantesco, uma personagem que não se reduzia às suas origens."
Miss Liu ( Luana Tanaka ) foto Raquel Cunha

Anna descobre a verdade sobre Thomas e tem Miss Liu como aliada

Miss Liu (Luana Tanaka) é uma pirata chinesa e faz parte do grupo de Fred Sem Alma (Leopoldo Pacheco), que foi preso desde o atentado contra a vida de Joaquim (Chay Suede) no navio da arquiduquesa Leopoldina (Letícia Colin). Nos capítulos anteriores, após prometer se vingar de Thomas (Gabriel Braga Nunes), Fred articula um jeito de Miss Liu ser contratada pelo oficial inglês para ser a babá de Vitória, filha de Anna (Isabelle Drummond) e Joaquim.

LEIA TAMBÉM

‘Globo Repórter’ faz uma expedição pelo Pantanal

Com isso, a pirata passa a observar de perto todos os passos de Thomas e se torna confidente de Anna, sem que saibam sua verdadeira identidade. Nívea (Viétia Zangrandi), governanta da casa, chega a suspeitar do comportamento da babá e segue cumprindo as ordens do patrão para manter Anna isolada da sociedade, mas, nos próximos capítulos, a partir da revelação de Joaquim sobre o verdadeiro caráter de Thomas, Anna vai ficar mais atenta à rotina da casa e Miss Liu será fundamental para sua proteção.

Novo Mundo

‘Novo Mundo’ é escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson, com Duba Elia, João Brandão e Renê Belmonte e tem direção artística de Vinícius Coimbra e direção de André Câmara, João Paulo Jabur, Bruno Safadi, Guto de Arruda Botelho e Pedro Brenelli.

entrevista Luana Tanaka

entrevista Luana Tanaka  – Como você recebeu a notícia da volta da novela?
Acho muito legal a forma que mostramos uma parte da história do Brasil e muito sincrônico a novela estar sendo exibida novamente neste momento de pandemia. Além de termos a figura da Leopoldina, que foi tão bem construída pela Letícia Colin como uma representante tão amorosa. Espero que ‘Novo Mundo’ nos inspire e possamos sonhar que outra realidade é possível.

entrevista Luana Tanaka  – Qual a importância dessa personagem na sua carreira?
Acho que foi um grande passo ter uma personagem de origem asiática sem sotaque e com uma caracterização que foge completamente do estereótipo que a televisão está habituada. Amei fazer a Miss Liu! Foi um presente gigantesco, uma personagem que não se reduzia às suas origens.

entrevista Luana Tanaka  – Qual cena gostaria de rever?
A cena em que descobrimos que Miss Liu não é só uma babá.

entrevista Luana Tanaka  – Qual a cena mais difícil?
A cena da luta entre Miss Liu e Jacira (Giullia Buscacio) não foi a mais difícil, mas acho que foi a cena em que mais tive que me empenhar. Ensaiamos durante três ou quatro dias antes de filmar. Tive muito prazer em fazer essa cena.

entrevista Luana Tanaka  – Que momento das gravações você lembra com mais carinho?
Fui muito feliz nas filmagens de ‘Novo Mundo’. Acho que a novela fez tanto sucesso porque a equipe inteira era muito receptiva, amorosa e unida. Isso reverbera no resultado do trabalho. Tenho extremo carinho pelo núcleo dos piratas e fiquei muito próxima do Babu Santana e do Leopoldo Pacheco, que foram parceiros de cena incríveis e grandes amigos.

entrevista Luana Tanaka  – O que você tem ouvido dos amigos e do público desde que foi anunciada a volta da novela?
Tenho recebido mensagens no instagram das pessoas felizes pela volta de ‘Novo Mundo’, dizendo que amam a Miss Liu e que aguardam o momento que ela vai aparecer de pirata.  É muito legal receber esse carinho e ver que as pessoas que viram estão assistindo novamente.

entrevista Luana Tanaka  – Como você acha que o público recebeu a novela, depois de três anos?
Eu me lembro de o público ter amado ‘Novo Mundo’ e acho que bons trabalhos devem ser lembrados e reprisados. Mesmo depois de três anos a novela conversa com temas muito importantes.

entrevista Luana Tanaka  – Tem alguma característica ou algo que você aprendeu com a personagem que ficou pra sua vida?
Criar um personagem é entrar em contato com partes nossas que às vezes rejeitamos, mas que estão lá. Sempre aprendo muito com as personagens que faço. Acho que aprendi a não me levar tão a sério e a me permitir ser levada pelas histórias que vou contar.

entrevista Luana Tanaka  – Como tem passado esses dias de isolamento?
Tenho aproveitado o privilégio de poder estar em casa estudando, arrumando a casa e também elaborando projetos para o futuro. Acho que muitas coisas podem surgir de uma crise. É hora de repensar os caminhos, de estudar como podemos nos melhorar enquanto indivíduos e sociedade. Não dá mais pra gente ficar olhando só pro nosso umbigo.

entrevista Luana Tanaka  – Estava com algum projeto em andamento antes da pandemia?
Estava produzindo um solo e começaria a filmar dois longas em abril, que tiveram de ser adiados.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.