entrevista Matheus Abreu: “Tenho uma queda por esportes que deixam a adrenalina fervendo.”

0

entrevista Matheus Abreu – ator conta que na vida real também adora uma adrenalina

entrevista Matheus Abreu: "Tenho uma queda por esportes que deixam a adrenalina fervendo."
Matheus Abreu / foto Fábio Rocha

Tato e sua paixão pelo downhill urbano

Tato (Matheus Abreu) sente um amor incondicional por Tonico e é apaixonado por Keyla (Gabriela Medvedovski). Pelos dois, ele já mostrou ser capaz de tudo. Até mesmo deixar de lado sua paixão pelo downhill urbano, esporte pelo qual sempre sonhou chegar à final de um torneio. 

Aficionado pela atividade, ele voltou a viver toda a adrenalina em cima de duas rodas e decidiu competir. Porém, horas antes do início da competição, ele verá uma ligação de Deco (Pablo Morais) para Keyla e o nervosismo diante da situação vai afetar seu desempenho logo na primeira bateria.

LEIA TAMBÉM

entrevista Klebber Toledo: “Os bastidores da fazenda eram uma novela à parte.”

Apesar de ter apoiado a decisão da namorada de procurar pelo pai biológico do filho, só de pensar na possibilidade de Deco aparecer na vida deles, o rapaz fica completamente desnorteado.

“Não vai rolar. Minha cabeça tá fervendo”, Tato desabafa com Fio (Lucas Penteado), antes de ser anunciado no torneio. Ele respira fundo e vai para a pista. Mas quando começa a prova, Tato tem uma alucinação e lembra do pesadelo com o “fantasma” que tem o atormentado pelos últimos dias: Deco. É quando ele perde o controle e a bicicleta voa no ar.

‘Malhação: Viva a Diferença’

‘Malhação: Viva a Diferença’ tem autoria de Cao Hamburger e direção artística de Paulo Silvestrini e vai ao ar logo após o ‘Vale a Pena Ver de Novo’.

Entrevista Matheus abreu:

Entrevista Matheus abreu – Com o nascimento do Tonico, Tato mudou seu estilo de vida?
Sem dúvidas, a chegada de uma criança traz muitas responsabilidades. O Tato passou a trabalhar pra suprir as necessidades do garoto. Só tinha tempo de ir pra escola e trabalhar, isso fez com que a bike, sua paixão, ficasse de lado

Entrevista Matheus abreu – O que levou Tato voltar a competir?
Quando a gente gosta de algo é difícil ficar longe, não é?! Principalmente quando sentimos a diferença que isso faz na nossa vida, no bem estar. Esse sempre foi o sonho do Tato. 

Entrevista Matheus abreu – Você gosta de esportes radicais? Pratica algum? 
Sempre me senti muito atraído por esportes, gostava de experimentar de tudo um pouco, mas tenho uma queda por aqueles que deixam a adrenalina fervendo. Quando criança, eu acompanhava meu pai em trilhas de jipe e não parei mais com o off road, seja nas quatro, duas rodas, de bike, de moto ou a pé. Mas minha paixão mesmo são as duas rodas das motos. A sensação de fazer uma trilha, de chegar todo sujo, mas de alma lavada é um deleite .

Entrevista Matheus abreu – Como foram gravar as cenas da competição? Tem alguma recordação específica?
Essas cenas sempre agitaram muito o set, desde os treinos até a competição em si. Na preparação eu e o Gabriel Calamari, o Felipe na trama, tivemos contato com atletas reais de downhill urbano, como o Bruno Chupim. Sempre tive uma relação muito próxima com a bike, ela me levava pra todo lugar, na infância e adolescência foi meu meio de transporte e minha companheira de trilhas. Lembro que não me deixavam fazer algumas manobras, mesmo que eu tivesse costume de fazê-las, como descer alguns lances de escada, por exemplo. E com razão, não podíamos correr o risco de um acidente no meio da novela.  Em uma cena, que acredito ter sido de um dos treinos, o dublê fazia um salto entre duas rampas e isso eu não tentaria de jeito nenhum (risos).

Entrevista Matheus abreu – Como você descreve a relação de Tato e Keyla após a chegada de Deco?
Ficou um pouco abalada, uma mistura de ciúmes, insegurança e não só pela Keyla, mas também pelo Tonico. Era um medo de perder as coisas que ele mais amava na vida.

Entrevista Matheus abreu – Como tem sido a sua quarentena?
Tenho aproveitado esse tempo para fazer coisas que sempre tive vontade, mas não sobrava tempo. Estou bem conectado com a música, aprendendo a tocar violão, estudando percussão. Aproveitando também para ler mais, assistir séries, filmes, me exercitar, e me arriscando na cozinha.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.