‘Conexão Repórter’: Cabrini mostra caso de Bárbara Querino

0
Cabrini mostra caso de Bárbara Querino
foto reprodução

Investigação do jornalístico muda destino de Bárbara Querino, que foi condenada por crime que não cometeu

Uma longa investigação jornalística do Conexão Repórter consegue mudar o destino de uma jovem negra e da periferia, condenada a 5 anos e 4 meses de prisão, por um crime que não cometeu.
ASSISTA NO SBT
Barbara Querino
Nesta segunda-feira, 29 de junho, Roberto Cabrini traz detalhes de mais um caso de preconceito, em que a cor da pele se torna prova para quem a incriminou. O telespectador vai conhecer melhor a vida de Barbara Querino, modelo e dançarina conhecida como Babiy que, como mostram as estatísticas, pertence a três grupos que costumam ser vítimas de discriminação: mulher, negra e pobre. Acusada de ter participado de um assalto à mão armada, em setembro de 2017, na zona sul de São Paulo, ela foi condenada em primeira instância. 
VOCÊ SABIA?
Investigação jornalística

O programa a conhece em uma cela fria da Penitenciária de Franco da Rocha, mostrando que Barbara é bem articulada e não hesita em suas respostas, jurando inocência a todo tempo. O jornalístico, mais uma vez, investigou a investigação policial e foi atrás de detalhes, que deixavam mais claro que ela poderia ser, de fato, inocente. Após a primeira entrevista de Barbara ao Conexão Repórter gerar comoção nacional, o tempo passa e a Justiça decide, enfim, rever a condenação. Um ano e oito meses presa, até a redenção. Agora, sob uma outra perspectiva, Cabrini percorre os cenários decisivos para o caso e mostra quais sequelas ficaram de tudo isso, além do preço para restabelecer uma nova vida.

Conexão Repórter
O Conexão Repórter vai ao ar às segundas, 23h45, logo após o Programa do Ratinho, no SBT.
Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.