Marianna Armellini: “Clarice foi muito importante na minha trajetória, ela era uma pequena joia, um tipo de comédia leve, doce, mas animada, positiva.”

0

Marianna Armellini faz CHECK-IN no portal TV a Bordo

entrevista Marianna Armellini
foto Vitor Vieira

por Warlen Pontes

Enquanto ‘Salve-se Quem Puder’ não volta, a atriz Marianna Armellini vibra com a reapresentação especial no ‘Vale a Pena Ver de Novo’ de sua personagem, a Clarice, em ‘Êta Mundo Bom!’. “Recebi com muita alegria a notícia do retorno da novela, especialmente nesse momento difícil que estamos passando, pois é uma novela leve, bonita, divertida e com uma mensagem positiva”.

Nesta entrevista ao portal TV a Bordo, Mariana Armellini, além de relembrar momentos de aprendizado com o saudoso Jorge Fernando (‘Êta Mundo Bom!’ foi a quarta novela de sua parceria com o diretor), conta como está vivendo este período de isolamento e, entre outras coisas, participa de um bate-bola, jogo rápido, e revela curiosidades pessoais.

Senhoras e senhores, Marianna Armellini:

TVaBordo – Infelizmente, as gravações de ‘Salve-se Quem Puder’ foram
interrompidas devido à pandemias mas, felizmente, trouxe de volta um
grande sucesso ‘Êta Mundo Bom’, em que você dá vida à Clarice. Como você
recebeu a notícia do retorno da novela e o que a personagem significou
para a sua carreira?
entrevista Marianna Armellini – Recebi com muita alegria a notícia do retorno da novela, especialmente nesse momento difícil que estamos passando, pois é uma novela leve, bonita, divertida e com uma mensagem positiva. Clarice foi muito importante na minha trajetória, ela era uma pequena joia, um tipo de comédia leve, doce, mas animada, positiva. Tive que dançar, cantar, dar suporte à protagonista da trama, e fazer novela de época é sempre um desafio à parte, por conta do jeito de falar, andar, se portar.
TVaBordo – Quatro anos se passaram… o que você tem ouvido falar dos seus
amigos, colegas e do público, em geral, sobre a volta da novela? Quais
são os comentários mais frequentes que você tem lido nas redes sociais?
entrevista Marianna Armellini – Todos ficaram muito felizes com essa volta, exatamente por essa leveza da novela, que é o que se comenta nas redes sociais também: que delícia ver uma novela positiva, tão bem feita e divertida nesse momento.
entrevista Marianna Armellini – Acho que todas as cenas do Marco Nanini usando disfarces merecem um lugar de honra nesse “top 3”. A cena final, do casamento de Candinho e Filó, também foi um marco. E para me colocar nesse ranking, escolheria a cena da Clarice como dona do dancing, cantando na inauguração!
entrevista Marianna Armellini
foto Instagram
TVaBordo – Salvo engano, é a sua quarta novela sob a direção do Jorge Fernando.
Da última vez que conversamos, você fez uma referência muito carinhosa
sobre ele. Quais são as suas melhores lembranças durante o convívio em
cena com ele e o que mais aprendeu com os seus ensinamentos?
entrevista Marianna Armellini – Sim, esse foi meu quarto (e último…) trabalho sob a direção do Jorge. Ele foi mesmo um mestre, um padrinho da minha entrada e de todo o meu aprendizado na TV.  Era um homem de teatro, era ator, isso tudo refletia na maneira como ele nos dirigia. Nos entendíamos muito bem nesse lugar – a comédia era nossa linguagem comum, ele me admirava e eu a ele, era uma relação muito especial. Serei sempre grata pela honra de ter conhecido e trabalhado com ele.
TVaBordo – Armelini, ‘Êta Mundo Bom’ tem novamente conquistado o público e
registrado alta audiência. Em sua opinião, qual é o grande trunfo do
folhetim de Walcyr Carrasco?

entrevista Marianna Armellini – Walcyr é um homem que adora literatura – ler, escrever e traduzir – e acho que é esse o grande trunfo da novela: as referências literárias são excelentes, e a história é dinâmica, ele resolve e cria novos conflitos com facilidade, fica delicioso acompanhar.

TVaBordo – Vamos falar de ‘Salve-se Quem Puder’? Qual a sua expectativa para retornar com as gravações?

entrevista Marianna Armellini – Estou louca pra voltar a trabalhar, mas também apreensiva para entender como será essa volta, qual o protocolo de segurança que a empresa vai empregar e como serão as gravações com restrições. São novos tempos, um novo e grande desafio, tudo que nos parecia “normal” não é mais, mas estou ansiosa e animada para a volta.
entrevista Marianna Armellini
foto divulgação TV Globo / Marianna Armellini em cena com Marco Nanini (professor Pancrácio) e Bianca Bin (Maria)

TVaBordo – O que tem feito nesses dias de isolamento? O que de transformador tem acontecido durante esse período?

entrevista Marianna Armellini – Tenho lido bastante, visto séries e filmes, estou tendo aulas de espanhol, lavando muita louça e banheiros (risos). Tenho alterado momentos de calma e de muita ansiedade, mas tento me manter positiva. A verdade é que não me pressiono a fazer nada de grandioso, pois é um momento muito suis generis, então acho que está tudo bem não malhar, não meditar todos os dias, não criar coisas incríveis. Me proponho a viver um dia de cada vez, escutar meu humor, aceitar os sentimentos, ajudar quem eu posso, seguir as regras de proteção e isolamento social.

TVaBordo – Qual é a mensagem que você deixa para as pessoas neste momento tão difícil?

entrevista Marianna Armellini – A mensagem é a mesma que eu passo pra mim mesma: cuidem-se, não subestimem essa doença, vamos nos preocupar em chegarmos vivos ao final disso tudo. E se der, prestem atenção no que está sendo feito no campo da política, esse é um momento crucial para entendermos o que é melhor para nós, quem está trabalhando pelas pessoas e quem não está tão preocupado assim…

Vamos um bate-bola, jogo rápido?

Um ator inspirador:
Matheus Nachtergaele

Uma atriz inspiradora:
Fernanda Torres

Um filme para se assistir muitas vezes:
‘Um dia muito especial’, do Ettore Scola, com Sophia Loren e Marcelo Mastroianni.

Personagem que gostaria de interpretar:
Hamlet.

Já assisti e indico para assistir as séries (no streaming):
Fleabag
Little Fires Everywhere
Years and Years
Succession

Uma música para se ouvir a toda hora:
Reconvexo, na voz da Bethania.

Se pudesse viajar no tempo…
Assistiria às tragédias e comédias gregas nos primeiros teatros da história.

A melhor sobremesa do mundo:
Fico entre pudim de leite condensado e cocada.

Um prato que eu comeria 100 vezes:
O quibe com coalhada que minha avó fazia

Um prato que não comeria de jeito nenhum, nem por um milhão de reais!:
Morcego. Com coentro, então…jamais.

Me tira do sério:
A desigualdade social.

Me deixa feliz:
Dançar

No dia 15 de março quero ganhar…
A vacina para a covid 19. Mas quero que venha bem antes disso!

Tenho saudades de:
Fazer teatro

Uma frase que norteia a sua vida:
“Estar pronto é tudo”. (Hamlet, Shakespeare)

Marianna Armelini é uma pessoa:
Ansiosa

Mensagem aos fãs:
Cuidem-se. Tudo vai passar.

Agradecimento especial à Mariana Meirelles
Segue entrevista que fizemos com Armellini no lançamento de ‘Salve-se Quem Puder’:

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.