‘RJ2’ e documentário ‘Aliados’ da ‘GloboNews’ são indicados ao Emmy Internacional de Jornalismo

0

Jornalismo da Globo é indicado ao Emmy Internacional pelo 14º ano consecutivo

'RJ2' e documentário 'Aliados' são indicados ao Emmy Internacional de Jornalismo
foto reprodução

Reportagem do ‘RJ2’ sobre funcionários fantasmas da Assembleia Legislativa do Rio e o documentário ‘Aliados’, da GloboNews, concorrem ao prêmio mais importante da TV mundial

 

A Academia Internacional de Televisão, Artes e Ciências divulgou nesta terça-feira, dia 18 de agosto, nos Estados Unidos, a lista dos indicados ao prêmio Emmy Internacional de Jornalismo 2020. E pelo 14º ano seguido, o sexto consecutivo nas duas categorias (“Notícia” e “Atualidades”), o jornalismo da TV Globo e o da GloboNews estão entre os indicados. Os vencedores do Emmy serão anunciados no dia 21 de setembro, em cerimônia online por causa da pandemia de coronavírus.
LEIA TAMBÉM
Na categoria “Notícia” foi indicada a reportagem sobre funcionários fantasmas da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, exibida no ‘RJ2’. Durante meses, a equipe investigou funcionários que recebiam altos salários, pagos com dinheiro público, sem comparecer para trabalhar. A maior parte vivia longe do local de trabalho e até fora do país. A Globo concorre com representantes do Reino Unido, do Catar e da Rússia. 
 
“Aliados” da GloboNews
Já “Aliados”, exibido na GloboNews, concorre na categoria “Atualidade” com indicados da Suécia, da Nigéria e do Reino Unido. Em ‘Aliados’, o correspondente Gabriel Chaim acompanha as Forças Democráticas Sírias, lideradas pelos curdos, na operação que reconquistou o último reduto do Estado Islâmico: Baghouz. O documentário da GloboNews já foi premiado no New York Festival TV & Film Awards em duas categorias: medalha de ouro em “Documentário sobre Atualidades” e medalha de prata em “Direção de Arte: Abertura e Identidade Visual”. O jornalista Gabriel Chaim e a editora Marita da Graça Bittencourt já tinham sido indicados ao prêmio em 2016, na mesma categoria, pelo documentário ‘Síria em Fuga’,  também da GloboNews.
 
Outros prêmios
Em 2011, o ‘Jornal Nacional’ ganhou o Emmy Internacional de Jornalismo pela cobertura da retomada do conjunto de favelas do Alemão pelas forças de segurança do Rio de Janeiro. Além deste prêmio, a Globo já recebeu outros 16 troféus do Emmy. O primeiro foi o de “Personalidade Mundial da Televisão”, recebido por Roberto Marinho, em 1976, prêmio que receberia novamente em 1983. Seu filho, Roberto Irineu Marinho recebeu a estatueta em 2014, na mesma categoria. Em 1981, ganhou com o musical ‘A Arca de Noé’ e em, 1982, com ‘Morte e Vida Severina’. A Globo foi premiada sete vezes por “Melhor Novela”, com ‘Caminho das Índias’ (2009), ‘Laços de Sangue’, coprodução com a SIC, exibida em Portugal (2011), ‘O Astro’ (2012), ‘Lado a Lado’ (2013), ‘Joia Rara’ (2014), ‘Império’ (2015) e ‘Verdades Secretas’ (2016). ‘A Mulher Invisível’ (2012) e ‘Doce de Mãe’ (2015) venceram na categoria ‘Melhor Comedia’. Fernanda Montenegro recebeu o prêmio em 2013 como ‘Melhor Atriz’ por seu papel em ‘Doce de Mãe’. A Globo também recebeu o prêmio de melhor série no Emmy Internacional Kids 2018, com ‘Malhação: Viva a Diferença’.
Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.