‘Câmera Record’ e os golpes de aluguel no litoral

0

Além dos golpes de aluguel no litoral, ‘Câmera Record’ flagra praias lotadas em plena pandemia

'Câmera Record' e os golpes de aluguel no litoral
foto divulgação Record TV

No podcast, especialistas dizem como se proteger de fraudes

Neste domingo, dia 31 de janeiro, o Câmera Record traz flagras de praias lotadas durante a pandemia de covid-19 e retrata a quantidade de vítimas de afogamento. O programa ainda destaca um golpe de aluguel de apartamento no litoral que está prejudicando muitas pessoas. No podcast, especialistas falam como se proteger desse tipo de fraude.

LEIA TAMBÉM

Lidi Lisboa e Jake Oliveira participam do ‘Desafio do Faro’

Golpes de aluguel

A equipe do programa encontrou faixas de areia cheias de gente. Em plena crise do novo coronavírus, quem deveria evitar sair de casa e ficar longe das aglomerações parece ter decidido fazer o contrário, com pouca ou nenhuma preocupação com o risco de contaminação. “O coronavírus nunca me assustou, eu já peguei coisa pior e ainda chamei de amor,” cantava a plenos pulmões um grupo de turistas na praia de Itararé, em São Vicente (SP). Dentre eles, apenas uma mulher usava máscara.

Afogamentos

É possível observar o reflexo da quantidade de pessoas pelo número de afogamentos. Em 2020, mesmo com praias fechadas por quase cinco meses, foram 2.895 atendimentos e 95 mortes, muito próximo do que houve no ano anterior, com 3.293 atendimentos e 105 mortes. Por isso, o número de guarda-vidas foi reforçado no verão de 2021. “Só hoje foram 10 afogamentos ou mais. Peço aos banhistas que sempre peçam orientação aos guarda-vidas, porque eles sabem o local ideal para que entrem ou não no mar”, afirma o 2º Sargento Tony Kurtis, do Grupamento de Bombeiros Marítimos.

Praia Grande (SP)

A reportagem ainda flagrou a chegada de duas famílias ao mesmo lugar, ambas vítimas da mesma fraude. Elas alugaram um apartamento na Praia Grande (SP) que, na verdade, não existia. Tudo fazia parte de um anúncio falso na internet. Outras oito pessoas caíram no mesmo golpe em apenas duas semanas. “Eram R$ 1.500 pelo aluguel e eu fiz o depósito de R$ 1.000. Estou com o comprovante aqui. O restante, ele disse que era para deixar com a empregada que estaria aqui”, lamenta a técnica de enfermagem Janaína Alcântara, uma das vítimas do golpista.

Podcast

No podcast, o delegado Sérgio Nassur e o advogado especialista em Direito Digital Henrique Rocha dão dicas de como se proteger contra essas fraudes na hora de alugar uma casa de férias.

Câmera Record

O Câmera Record vai ao ar neste domingo, dia 31 de janeiro, às 23h15. A apresentação é de Luiz Fara Monteiro.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.