‘Nos Tempos do Imperador’: Pilar e o sonho de se tornar médica

0

A jovem Pilar (Gabriela Medvedovski) enfrenta, desde pequena, o peso de ser uma mulher do século XIX

pilar
foto Paulo Belote

‘Nos Tempos do Imperador’ estreia dia 9 de agosto

A jovem Pilar (Gabriela Medvedovski) enfrenta, desde pequena, o peso de ser uma mulher do século XIX. Determinada, tenta convencer o pai Eudoro (José Dumont), fazendeiro e coronel da Bahia, a deixá-la estudar. Viúvo, ele criou sozinho ela e a irmã, Dolores (Julia Freitas/ Daphne Bozaski). Pilar passou anos em um convento, onde estudou e teve ainda mais a certeza de que queria ir em busca do sonho de se tornar médica, um objetivo quase impossível na época, visto que as mulheres eram proibidas de ingressar nas faculdades. Enquanto isso, a irmã Dolores sofreu com sua ausência, mas sempre pode contar com o seu amor.

LEIA TAMBÉM

Vem aí, Dom Pedro I, O Imperador do Brasil

União indesejada

Quando as meninas ainda eram bem pequenas, Eudoro prometeu casar Pilar com o Tonico (Alexandre Nero), futuro candidato a deputado pela Bahia, filho de seu compadre, coronel Ambrósio (Roberto Bomfim). A união seria vantajosa para ambas as famílias, pois permitiria aumentar o número de terras na região e somar forças, visando os interesses pessoais dos coronéis. O plano era oficializar o casamento quando os dois estivessem mais velhos, e essa data se aproxima, para o desespero de Pilar. 

Pilar chega a Salvador

Ciente da chegada de Tonico para o casamento e da ameaça de perder sua liberdade, ela revela à irmã sua ideia de fugir e lutar pelo seu maior sonho. Pilar quer chegar à Faculdade de Salvador e tentar convencer a banca de que é apta a cursar Medicina como outros homens da sua idade. Dolores fica desesperada com a ideia, mas promete segredo e apoia a decisão. 

 ‘Nos Tempos do Imperador’

 ‘Nos Tempos do Imperador’, a próxima novela das seis, é criada e escrita por Alessandro Marson e Thereza Falcão, com Julio Fischer, Duba Elia, Wendell Bendelack e Lalo Homrich e tem direção artística de Vinícius Coimbra, direção geral de João Paulo Jabur e direção de Guto Arruda Botelho, Alexandre Macedo, Pablo Müller, Joana Antonaccio e Caio Campos. A previsão de estreia é para março de 2020.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.