GloboNews exibe documentário “Migliaccio, o Brasileiro em Cena”

0

“Migliaccio, o Brasileiro em Cena”: obra é uma produção da Afinal Filmes em parceria com a Globo Filmes, a GloboNews e o Canal Brasil

GloboNews exibe documentário "Migliaccio, o Brasileiro em Cena"
Flávio Migliaccio / foto divulgação

Se você gosta de novela, teatro ou cinema, certamente já se divertiu ou se emocionou com alguma grande atuação de Flávio Migliaccio. Ator, diretor, produtor, desenhista e dramaturgo, o artista participou de quase uma centena de produções, entre as quais clássicos como as novelas ‘Rainha da Sucata’ e ‘Senhora do Destino’, além dos filmes ‘Cinco Vezes Favela’, ‘Terra em Transe’ e ‘Todas as Mulheres do Mundo’. Neste domingo, dia 28, a partir das 23h, a GloboNews exibe na sua faixa especial de documentários o filme “Migliaccio, o Brasileiro em Cena”, produção da Afinal Filmes em parceria com a Globo Filmes, a GloboNews e o Canal Brasil. A obra refaz seus passos e conduz o público pela história, em uma conversa descontraída e ao mesmo tempo profunda sobre sua visão da arte como ofício.

ASSISTA NA GLOBO

Elizabeth Savalla conversa com Bial

“Migliaccio, o Brasileiro em Cena”

Dirigido por Alexandre Rocha, Marcelo Pedrazzi e João Mariano, o documentário foi gravado antes da morte de Flávio, em 2020, aos 85 anos de idade, e tem roteiro assinado, entre outros, pelo jornalista Marcelo Migliaccio, filho de Flávio. Além de revelar muito do homem por trás de personagens que marcaram gerações como Xerife, do seriado infantil “Shazan, Xerife e Cia.”; Tio Maneco, do filme “As Aventuras do Tio Maneco”, e, recentemente, Seu Chalita, da série “Tapas & Beijos”, a produção reúne lembranças divertidas resgatadas pelo ator com seu humor particular e único.

70 documentários

Desde 2014, a GloboNews já produziu mais de 70 documentários com a Globo Filmes, com o Canal Brasil e, mais recentemente, com o Globoplay. Títulos que mereceram indicações em vários festivais nacionais e internacionais e a prêmios como o Emmy Internacional (com o documentário ‘Torre de David’ em 2015, com ‘Síria em Fuga’ em 2016, ‘Aliados’ em 2020 e ‘Cercados’ em 2021). A lista inclui ainda renomadas produções como: ‘Cidades Fantasmas’, ‘Libelu – Abaixo a Ditadura’ e ‘Cine Marrocos’ – também vencedoras do Festival É Tudo Verdade –, e ‘Marinheiro das Montanhas’, único filme brasileiro selecionado para o Festival de Cannes de 2021.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.